]
Diferenças entre Viajar solteiro x Viajar namorando: os dois tem dois boas e coisas ruins

Estilo de Vida

Viajar solteiro x Viajar namorando

Que viajar é bom quase todo mundo concorda, mas o que é melhor entre viajar solteiro X viajar namorando? Bora conferir as principais diferenças entre os dois!

Escolhendo o destino

 

Não dá para negar que quanto mais cabeças pensantes, mais difícil é tomar qualquer tipo de decisão. Isso porque quando duas ou mais pessoas querem algo diferente, a única solução é uma delas abrir mão ou elas tentarem fazer as duas coisas (o que pode ser complicado).

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: escolhendo o destino
(Via Giphy)

Na hora de escolher o destino viajar solteiro é o que há! Afinal, ao viajar sozinho vamos exatamente para a onde queremos! Caso esteja pensando em viajar com os amigos, mas não conseguir entrar em um acordo sobre o destino, nada impede que cada um vá para um canto e pronto. Viajar sozinho é uma das experiências que acho que todo mundo deveria ter pelo menos uma vez na vida, até já escrevi uma lista com 13 razões para viajar sozinha(o).

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: escolhendo o destino
(Via Giphy)

Se o casal não concordar com o destino, viajar namorando acaba sendo complicado, porque até dá cada um ir para um canto diferente, mas normalmente os casais preferem aproveitar a viagem para ficarem juntos. Nesse caso chegar em um acordo pode não ser uma  tarefa muito fácil, mas se esse não é o caso e vocês sempre concordam com o destino ou ninguém faz questão de algum lugar específico, maravilha!

 

Arrumando as malas

 

Não sei para vocês, mas para eu particularmente odeio arrumar a mala de viagem. Isso porque acho bem chatinho ter que pensar sobre o que eu vou precisar naquela destino, separar tudo e organizar na mala.  

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: arrumando as malas
(“Apocalipse zombie, caso necessário.” – Via Giphy)

É inevitável que ao viajar solteiro somos os únicos responsáveis por tudo que é nosso e mesmo viajando com amigos, dificilmente alguém vai ficar te ajudando a cuidar e lembrar das suas coisas. O que é bem complicado para quem “gosta” de perder as coisas como eu! haha

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: arrumando as malas
(“Eu estou empacotando-lhe um par de sapatos extras e seus olhos irritados, caso necessário.” – Via Giphy)

Melhor coisa nessa hora é ter alguém para te ajudar e ser ajudado a não esquecer e não perder nada. Fora que vocês podem dividir a carga (perfeito para quem vai acampar) e até mesmo levar um único item para os dois ao invés de um para cada. Melhor ainda é se o casal arrumar as malas juntos, porque depois de um tempo cada um acaba até ficando “responsável” por alguma coisa.

 

No caminho para o destino

 

Sabe aquela viagem longa de ônibus, avião, trem ou carro? E aí, como você prefere passar seu tempo?

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: no caminho juntos na viagem
(Via Giphy)

Se a viagem for longa o jeito é separar o fone de ouvido, um bom livro, colocar a cabeça em ordem para ficar viajando em pensamentos, ir dormindo ou torcer para ter uma boa companhia no assento ao lado (isso se não for uma viagem de carro sozinho). Do contrário as horas vão demorar para passar.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: no caminho juntos na viagem
(Via Giphy)

Aqui você só precisa preparar o ombro para ser usado de travesseiro. De resto é curtir seu próprio ombro-travesseiro e a companhia e boas conversas com quem ama.

 

Decidindo os lugares para visitar

 

A pior coisa de viagens com poucos dias, como em feriados e finais de semana, é ter pouco tempo e muito lugar para conhecer. Solteiro ou não isso acaba sempre gerando uma certa frustração se não der tempo de conhecer “tudo”.

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro decidindo os lugares
(Via Unsplash – Oscar Nilsson)

Mais uma vez, nada como a liberdade de viajar solteiro. Escolher visitar os lugares que quer e pronto, sem perder tempo tendo que negociar nada com ninguém, porque mesmo que a viagem seja com amigos, nada impede que você vá para a onde quer e encontre o amigo mais tarde.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando decidindo os lugares
(Via Giphy)

Cada um quer ir em uma atração diferente, e agora? O lance é negociar, tentar ir nas atrações dos dois ou alguém abrir mão da “própria” atração. O lado positivo para quem abrir mão é que a vida sempre nos prega peças e quando menos esperamos, acabamos amando algo que não imaginávamos.

Escolhendo onde comer

 

Pode parecer simples escolher o que comer e onde comer, mas na verdade pode ser bem complexo. Principalmente por dois fatores: quanto quer gastar e o que gosta de comer.

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: escolher onde comer
(Via Giphy)

Se você está esbanjando e quer comer caviar no restaurante mais caro da cidade ou se você está duro e quer almoçar pão com queijo e presunto do mercado, você simplesmente vai fazer exatamente do jeito que quer. Simples assim e livre de preocupações!

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: escolher onde comer
(Via Giphy)

Ele ama comida japonesa, ela ama pizza. Ela quer economizar com alimentação e ele quer provar os melhores restaurantes. O que fazer? Bora chegar em um acordo ou torcer pro próximo(a) namorado(a) fazer o mesmo estilo de viagem e comer as mesmas coisas que você. haha!

 Meu lance, por exemplo, é mochilão. Então imagina, sou a louca da economia, inclusive com comida! haha! Por essas e outras até já escrevi aqui 10 motivos para NÃO namorar uma mochileira.

Fotos na viagem

 

Neste item vou dar meu ponto de vista baseado em pessoas que amam tirar fotos nas viagens. Se você não curte ou acha perda de tempo bater foto na viagem, é melhor pular esse tópico. haha!

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: fotos de viagem
(Via Giphy)

Se pedir para os amigos ou desconhecidos baterem fotos de você te incomoda, você só terá  fotos de paisagem no final da viagem ou terá que recorrer a duas opções: colocar a máquina/celular no timer e sair correndo (quem nunca, haha) ou viver de selfies.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: fotos de viagem
(Via Giphy)

Viajar namorando significa muitassss fotos no cartão de memória: foto dele, foto dela, foto de paisagem, foto dos dois. Quando os dois gostam de bater fotos é muito gostoso e divertido. Os que não gostam podem falar o que for, mas fotografar é eternizar momentos e realmente observar o lugar. Fora que eu acho uma delícia compor uma foto, observar o ambiente procurando por diferentes ângulos.

 

“Migos” da viagem

 

Que atire a primeira pedra quem não concorda que quando você está solteiro, faz muito mais “amizades” na viagem. Acontece que quando você namora, você é automaticamente carta fora do baralho para pessoas que seriam super “parças” com você se fosse solteiro.

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar Solteiro: amigos na viagem
(Via Giphy)

Prepare-se para conhecer muita gente nova, fazer algumas boas amizades e arrumar uns crushes. Afinal, pessoas que viajam solteiras acabam atraindo outras pessoas solteiras. Não tem como negar que existe uma tendência de solteiros se aproximarem nas viagens para fazer novas amizades, arrumar companhia, fazer farra ou mesmo para “se darem bem”.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: amigos na viagem
(Via Giphy)

Casais têm uma tendência a se fecharem no meio dos solteiros ou de tentar se aproximar apenas de outros casais. Isso porque eles acabam se sentindo um pouco deslocados quando estão apenas entre solteiros. O ruim de casais que se fecham é que eles podem perder muitas oportunidades de fazer boas amizades.

 

Noitada com a galera da viagem

Aí está rolando uma festa no hostel ou a galera da viagem vai dar um role… o que fazer? Eu costumava pensar que o melhor da viagem é aproveitar o local e não a “farra”, mas hoje penso um pouco diferente sobre isso. Tem gente que perde o dia seguinte por causa de noitada, gente que prefere nem sair e gente que aproveita os dois, mas fica sem dormir. Eu tento equilibrar as duas coisas com a quantidade mínima de sono que eu julgo precisar! haha!

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro: noitada com a galera da viagem
( Via Unsplash – Yutacar)

Mesmo que você seja daqueles, como eu, que gosta de acordar cedo para aproveitar o dia seguinte, vai ser difícil resistir a uma noitada com a galera quando você ver “todo mundo” indo. Aí você sai e fica difícil voltar. Digamos que viajar solteiro não é muito saudável. haha!

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando: noitada com a galera da viagem
(Via Giphy)

Ao viajar namorando fazer role de noite é legal, mas não é aquela coisa imperdível. Afinal você não vai ficar sozinho enquanto “todo mundo” sai, você estará com seu namorado(a). Só que assim como o item anterior, essa é mais uma oportunidade de experiência diferente que o casal está fechando as portas.

Apesar disso às vezes pode ser ótimo estar com quem a gente ama e evitar farras que só servem para te deixar quebrado no dia seguinte. Acho que nesse caso é bom o casal avaliar cada situação e não fechar sempre as portas.

 

BÊBADO na viagem

 

Aí você resolve sair para a noitada e fica bêbado. E aí?

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro bêbado na viagem
(Via Giphy)

Para de beber, te segura, volta para o hostel e disfarça. Ficar bêbado solteiro sempre pode dar merda. As pessoas pensam que você está vulnerável (e de fato você está), nem todo mundo tem disposição para ajudar bêbado e passar mal em viagem é mais perigoso do que na própria cidade.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando bêbado na viagem
(Via Giphy)

Ficar muito bêbado nunca é uma boa ideia, mas com a companhia de alguém de confiança é menos mal. O bom de viajar namorando é que você sempre terá essa pessoa que, quer queira quer não, nunca vai te deixar na mão na viagem. Melhor ainda se um estiver menos bêbado do que o outro, porque quem estiver menos com certeza vai carregar o outro nas costas até o hostel se for necessário. Agora se os dois estiverem travados, vai ser uma cena daquelas que vocês nunca vão esquecer. Haha!

Passando perrengue na viagem

 

Já falei uma vez aqui dos perrengues que todo mochileiro passa. Então se você for viajante do tipo mochileiro, é inevitável: uma hora ou outra, vai rolar um perrengue.

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro passando perrengue
(Via Giphy)

Quando rola um perrengue e você está solteiro, ou pior, solteiro e sozinho, não há quem contar para te ajudar ou dividir a culpa. O único caminho é solucionar ou se não haver solução, tocar o barco e seguir em frente. Dependendo do perrengue pode ser bem difícil de resolver. Uma vez resolvido a lição é maior quando se está sozinho, mas é um pouco solitário estar sozinho nessas horas.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando passando perrengue
(Via Giphy)

Existem dois extremos que podem acontecer quando você passa um perrengue namorando: um culpar o outro do ocorrido (se for o caso de haverem culpados) ou vocês se apoiarem e resolverem o problema.

Acredito que dependendo do nível de estresse que o perrengue causou, todo casal está sujeito a ir pelo primeiro caminho. Só que o segundo caminho é o único que vale a pena, porque ao se apoiarem e não discutirem, a chance de resolver o problema são muito maiores.

Relembrando a viagem

 

Recordar seja por palavras, memória, fotos ou vídeo é maravilhoso. Se você for uma pessoa saudosa, como eu, é ainda mais gostoso.

 

Viajar Solteiro:

 

Viajar solteiro relembrando da viagem
(Via Giphy)

Quando bater saudades dos amigos que fez na viagem, dos crushes, das risadas e conversas, você tentará reviver um pouco daqueles momentos falando com os amigos que fez e revendo eles. Vai ser um pouco difícil revê-los, ainda mais se quiser juntar todo mundo, mas quando acontecer vai ser como se o tempo não tivesse passado.

 

Viajar Namorando:

 

Viajar namorando relembrando da viagem
(Via Unplash – David Núñez)

Quando um lembrar de algum momento da viagem, vai falar pro outro e vice e versa. Ele irá lembrar de algumas partes, ela de outras e como vocês estão “sempre” juntos, vai ser bem mais fácil resgatar os momentos.

Esse post não passa de uma brincadeira, claro que não é assim com todo mundo e que cada relacionamento é de um jeito.

Eu já viajei das duas maneiras e para mim ambas tem coisas boas e coisas ruins. Acho legal conhecer os dois lados e independente do status do seu relacionamento, ter sua própria independência e não se apoiar muito no outro.

Outra coisa importante é não namorar só por namorar ou por carência. Bom mesmo é namorar quando você realmente gosta da pessoa. E se você é viciado em viajar, o ideal é estar com alguém que divide essa paixão com você, sua metade da mochila.

E aí viajantes, concordam com essa comparação de viajar solteiro X viajar namorando? Me fala nos comentários! =)

E se você curtiu salva o PIN abaixo no seu Pinterest! ♥

Diferenças entre Viajar solteiro x Viajar namorando: os dois tem dois boas e coisas ruins. Confira esse comparativo sobre viajar solteiro e viajar namorando

 

VAI VIAJAR? AJUDE A MANTER O BLOG RESERVANDO COM NOSSOS LINKS!

Para ajudar basta fazer as suas reservas utilizando os links abaixo. Assim o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

 Booking.com: Reserve sua Hospedagem em qualquer lugar do mundo
 AirBnB: Ganhe R$100 de crédito na sua primeira hospedagem
    RentCars: Alugue Carro e viaje com mais liberdade
   TicketBar: Compre online ingressos para as atrações e evite filas
Aproveita também para dar aquela força e acompanhar os Olhos de Turista nas Redes Sociais:
 

Olá, meu nome é Luiza Cardoso! Sou a blogueira e idealizadora do Olhos de Turista. Amo viajar pelo mundo e levar minha vida nesse estilo libertador! Ter olhos de turista para mim é observar e admirar todos os cantinhos do planeta, desde o trajeto de casa até a volta ao mundo! :D

Comente esse post!

Comentários (9)

  1. Não sei cara, juro que não sei, hahaha. Eu viajo com marido e com os filhos que puderem ir junto e é muito divertido. To falando de filho adulto tá hahaha. Quando meus pais eram um pouco mais novos, fizemos viagens muito divertidas com meus pais e os filhos (na época adolescentes). Tínhamos uma Van, a Besta da Kia, colocávamos todo mundo dentro do carro e era quase uma mini excursão.