Cidade do Panamá o que fazer

Cidade do Panamá: o que fazer, roteiros, onde se hospedar e dicas

Surpreendentemente moderna, avançada e com impressionantes arranha-céus, a Cidade do Panamá é bem diferente do que eu imaginava! Não sei se porque eu assisti muito Breaking Bad ou se eu só tinha uma ideia errada mesmo. Por isso, compartilho neste artigo dicas para você já chegar lá sabendo o que esperar. Veja abaixo o que fazer na Cidade do Panamá, como se locomover, o que fazer de noite, onde se hospedar e quais os documentos necessários para entrar no país. 

Sobre a Cidade do Panamá

A Cidade do Panamá, capital do país, está localizada na costa do pacífico e foi a primeira cidade da costa pacífica a ser fundada em todo o continente americano.

Vista da Cidade do Panamá

Localizado na América Central, o Panamá está bem no istmo que liga a América do Sul com a América Central. Ele faz fronteira com a Colômbia e a Costa Rica e inclusive já foi parte da Colômbia. 


O que fazer na Cidade do Panamá?

Muitas pessoas vão a Cidade do Panamá apenas com o objetivo de conhecer o Canal do Panamá. No entanto a cidade tem várias outras opções de lugares para conhecer e surpreende muito por sua história, modernidade e arquitetura. Veja abaixo os principais pontos turísticos da Cidade do Panamá:

Casco Viejo ou Casco Antiguo

Casco Viejo, também chamado de Casco Antiguo ou San Felipe, é um bairro histórico da Cidade do Panamá, nomeado como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. 

Casco Antiguo

Ao caminhar por ele, você verá fachadas antigas coloridas e ruas estreitas, características da época colonial. Trata-se de um centro histórico bem bonito, mas que não chega a impressionar como Cartagena das Índias na Colômbia. Apesar disso é agradável e o bairro é bem turístico e boêmio.

Você pode fazer um tour guiado grátis para conhecer melhor a história do bairro. Clique aqui para conferir os horários e se cadastrar para o tour.

Curte as minhas dicas? Segue lá no Insta: @olhosdeturista

Casco Viejo

Se preferir explorar ele por conta própria, não deixe de passar pelas igrejas de La Merced, San José e Santo Domingo e pelas praças Bolívar, Francia e Herrera. 

Mercado de Mariscos

Se você gosta de frutos do mar, você precisa conhecer o Mercado de Mariscos, já se você não gosta, ainda assim eu recomendo dar uma passada. Afinal, trata-se de um ponto interessante da Cidade do Panamá, além de ter outras opções de comida tradicional panamenha. 

Mercado de Mariscos Cidade do Panamá

Muitas pessoas vão lá para experimentar o carro-chefe do mercado: ceviches que são servidos em copos plásticos, no maior estilo fast-food saudável.

Ele fica bem pertinho de Casco Viejo e para quem gosta de caminhar, dá para ir a pé. Além disso ele fica no caminho para Cinta Costeira, outro importante bairro turístico, que falarei melhor no próximo tópico. 

Cinta Costera

Além de bairro, a Cinta Costera é um calçadão com ciclovia, que contorna a costa do mar sem praia.

Cinta Costera Cidade do Panamá

É um ótimo lugar para caminhar e observar os arranha-céus luxuosos da região, como a Torre Trump. Além disso, ao longo da caminhada você encontrará dois letreiros do Panamá para tirar fotos.

letreiro em Cinta Costera

Se estiver animado para andar, vá até o luxuoso bairro Punta Paitilla, conhecido por ser o distrito financeiro, onde ficam os modernos arranha-céus, além de parques e centros comerciais. Se não quiser ir a pé, você pode pegar alguns dos vários ônibus que passam na avenida, já que a maioria vai para a direção de Paitilla, mas não deixe de confirmar antes com o motorista.

Cerro Ancón

Entre edifícios e grandes avenidas, a Cidade do Panamá tem um espaço verde espetacular: o Cerro Ancón, um morro famoso por suas trilhas e seus mirantes com vistas incríveis da cidade.

Vista Cerro Ancón Cidade do Panamá

A subida pode ser um pouco cansativa para alguns, mas vale muito a pena. O ideal é ir com um guia, que vai te ajudar a avistar animais ao longo do caminho e te explicar um pouco sobre o local. 

Chegando no topo, se não houver neblina, é possível ver vários pontos de interesse da Cidade do Panamá, incluindo o canal e a Ponte das Américas. Lá também há uma bandeira do Panamá com 10 metros de altura.

Cerro Ancón

Não deixe de levar uma garrafinha água para fazer o percurso, porque não há nenhum lugar para comprar água durante o trajeto. 

Para acessar o pico, não tem que pagar nada, mas para chegar lá a melhor maneira e indo de táxi, uber ou a pé, caso você esteja hospedado nas redondezas. 

Canal do Panamá

Sem dúvidas o Canal do Panamá é uma das principais atrações turísticas da Cidade do Panamá, por se tratar de um fenômeno da engenharia e principal responsável pela riqueza econômica do país.

Canal do Panamá

Para conhecer o Canal do Panamá, sugiro ir na principal eclusa aberta a turistas, o Centro de Visitantes Miraflores. O trecho dessa eclusa é extremamente estreito e alguns navios passam quase que raspando nas paredes.

Lá tem um museu, um restaurante, alguns cafés e o mirante onde é possível observar os navios passando lentamente pelo pedaço estreito do canal.

Centro de Visitantes Miraflores Panamá

A visita leva cerca de duas hora, sendo que no museu você pode aprender um pouco sobre como funciona o canal e sobre a história dele.

Em resumo, eles criaram um lago artificial para alimentar as eclusas, que funciona como um elevador de água. O navio entra, as eclusas enchem de água até o próximo nível, depois que a água fica nivelada, o navio consegue seguir para a próxima eclusa, onde a água começa a descer para nivelar o navio para ele seguir navegando pelo oceano. Tudo isso permite que as embarcações continuem seguindo, apesar dos desníveis do solo. 

Eclusa Miraflores Cidade do Panamá

Pode ser um pouco complicado de entender ao ler, mas quando você estiver lá, conseguirá entender melhor.

O ingresso para o Eclusas de Miraflores custa 20 dólares e ela fica aberta todos os dias das 8h às 17h.

Existem outras duas eclusas do Canal do Panamá que podem ser visitadas, mas elas não são tão interessantes como a Eclusa de Miraflores. 

Para ir até lá você pode pegar um ônibus no Terminal de Transporte Albrook ou se preferir, contratar um passeio com agência. Veja algumas opções em que é possível fazer a reserva online:

Biomuseo

O Biomuseo é um museu de história natural, que conta um pouco sobre a formação do Panamá e do continente americano em termos de biodiversidade, com foco na formação do istmo presente no Panamá, que liga a América do Sul com a América Central. Além de aproveitar o tema para abordar a necessidade de preservação da natureza.

Outra coisa que torna esse museu interessante é o próprio edifício, que foi construído pelo arquiteto Frank Gerhy. A fachada dele é bem colorida, representando a fauna e flora da natureza.  

O Biomuseo funciona de Terça a Domingo, das 10h às 16h e custa 18 dólares para entrar. Eles também tem um ticket de 25 dólares que inclui o Biomuseo e o Canal do Panamá e não é obrigatório ir nos dois no mesmo dia. 

Para chegar no Biomuseo você pode ir de ônibus ou táxi/uber.

Calzada de Amador

A Calzada de Amador é uma estrada que começa mais ou menos na altura do Biomuseo e vai até as pequenas ilhas que rodeiam a baía do Panamá. Os nomes dessas ilhas são Isla Culebra, Isla Naos, Isla Perico e Isla Flamenco.

Calçada de Amador Cidade do Panamá

Embora elas sejam ilhas independentes, a sensação é de que não são. Já que elas estão conectadas por essa estrada, que parece parte do continente, mas que foi criada com rochas extraídas do Canal do Panamá e que serve como quebra-mar para entrada das águas do Pacífico no Canal. É como se fosse uma ponte, só que mais larga e ao nível do mar. Por isso acaba até sendo imperceptível. 

O final da Calzada de Amador é bem turístico, já que proporciona uma vista panorâmica da cidade, do Canal do Panamá e da Ponte das Américas. Além de ter ciclovia, restaurantes, cafés, bares, baladas, porto, marinas e área de recreação para crianças.

Como o caminho até lá é o mesmo do Biomuseo, recomendo ir em ambos no mesmo dia, já que a distância entre eles é de apenas 4km. 

Panamá Viejo

O Panamá Viejo é um sítio arqueológico, onde foi fundada a antiga Cidade do Panamá. Foi nesse ponto que os espanhóis chegaram no Panamá, sendo a primeira cidade do país e também a primeira da costa pacífica das Américas. 

Panamá Viejo Cidade do Panamá

As ruínas são bem extensas e a cidade chegou a comportar cerca de 10.000 habitantes, mas infelizmente ela foi destruída por ataques piratas. 

Além das ruínas, o local conta com um museu, mas eu recomendo fechar um guia, para aprender mais sobre a história do local.

Clique aqui para conferir o valor do passeio e reservar online.

Para acessar as ruínas é necessário pagar 15 dólares e elas ficam abertas de Terça a Domingo, das 8h30 às 16h30. 

Se preferir ir por conta ao invés de fechar um passeio com agência, você pode ir de ônibus, carro, táxi ou uber. Há ônibus que vão até lá saindo do Terminal Albrook, da Avenida Balboa e do Mercado de Mariscos. 

O Panamá Viejo fica mais distante das demais atrações da cidade e longe dos grandes edifícios. O que torna a visita bem interessante, porque o contraste das ruínas com a visão dos prédios no horizonte, é bem legal 

Não deixe de levar água, protetor solar e ir com calçados confortáveis, porque lá faz bastante calor.

Que outros lugares conhecer no Panamá?

Panamá não é apenas sua capital, por isso te convido a conferir abaixo outros lugares incríveis para conhecer no Panamá:

San Blas

Quem vai a Cidade do Panamá geralmente é porque tem uma conexão na cidade ou porque quer de fato conhecer o país. Se a segunda opção for o seu caso, sem dúvidas você planeja conhecer as ilhas paradisíacas de San Blas, certo? Já se você está indo só fazer uma conexão, considere estender a estadia para conhecer San Blas! A boa notícia é que existem passeios de 1 a 4 dias que vão da Cidade do Panamá para lá . 

San Blas Panamá

Na minha opinião, as ilhas de San Blas são a verdadeira jóia natural do Panamá, realmente um paraíso. Elas são habitadas por uma comunidade indígena chamada Kuna e por isso, as ilhas também são conhecidas como Kuna Yala. 

Os Kunas mandam nas ilhas e eles tem todo direito, afinal, lá é a casa deles. Felizmente o turismo é permitido e eles abrem suas humildes acomodações (que em alguns casos são redes) para os visitantes, além de preparar refeições. Tudo muito simples, mas que torna a experiência muito mais interessante, por ser fora do convencional. 

Kuna Islas

Além da experiência bem legal de de ter contato com essa comunidade, a maioria das 360 ilhas que formam San Blas são pequenas, fofas, com águas claras e areia branca. O que não é à toa, já que estamos falando do mar do caribe!

Aliás, se você é fã de La Casa de Papel, recomendo reassistir o primeiro episódio da terceira temporada para entender melhor o que eu to falando… Fica a dica! 

Veja algumas opções de excursões saindo da Cidade do Panamá para San Blas:

Se você for para San Blas saindo da Colômbia, recomendo ler o meu post sobre como ir da Colômbia ao Panamá de barco passando por San Blas.

Bocas del Toro

Outro local muito visitado no país é Bocas del Toro, outra ilha do caribe panamenho. 

Bocas del Toro Panamá

A atmosfera dessa ilha é uma delícia, mas ela não tem praias muito bonitas. No entanto, existem algumas ilhas nos arredores dela que são lindas e é possível ir em passeios de barco. 

Por essa razão, é bom ficar pelo menos uns 2 dias por lá, já que é necessário dormir na ilha para fazer um passeio na manhã seguinte. Além disso, como eu falei, a atmosfera de Bocas del Toro é bem legal. Ótima principalmente para quem curte festas. Eu mesma passei um Ano Novo lá e gostei bastante! 

Quer saber mais sobre Bocas? Então leia também meu artigo sobre tudo o que fazer em Bocas del Toro!

Playa Venao

Quem curte surf ou quer aprender a surfar, a Playa Venao é uma ótima opção de lugar para conhecer no Panamá.

Playa Venao ao anoitecer

A praia é pequena, tem ótimas ondas para iniciantes e o melhor é que a atmosfera do lugar é ótima, sendo também uma boa opção para quem não quer surfar.

Isso porque a praia é bem pequena e tem poucas hospedagens, sendo todas localizadas ao pé da areia. O melhor é que tem hostel, onde você pode conhecer uma galera, tomar uma cerveja enquanto curte o pôr do Sol, relaxar na piscina e curtir uma festinha de noite.

A Playa Venao fica a 560km da Cidade do Panamá, por isso recomendo ficar pelo menos uma noite, para compensar a viagem. 

Leia também o artigo completo sobre o que fazer em Playa Venao Panamá

Santa Catalina

Se você tem um tempinho extra para curtir lugares menos turísticos do Panamá, não tenho como não recomendar Santa Catalina. Uma cidadezinha super gostosa no Pacífico, que tem um mistura de atividades aquáticas para todos os gostosos!

Santa Catalina Pacífico Panamá

Ela é ótima para surf, mas também conta com algumas ilhas paradisíacas com águas calmas, que dá para conhecer em passeios de barco. Além de ser um ótimo destino para snorkeling e mergulho de cilindro. 

A cidade também é uma atração à parte, com moradores simpáticos, comida boa e muita vegetação. 

Veja o artigo completo: Santa Catalina Panamá paraíso do do Surf, Snorkeling e Mergulho

Roteiro de 1 a 3 dias na Cidade do Panamá

Muitas pessoas acabam visitando a Cidade do Panamá por um único dia, ou mesmo por apenas algumas horas. Por isso, montei 3 roteiros diferentes, para estadias de 1 a 3 dias. Confira: 

Cidade do Panamá roteiro

O que fazer na Cidade do Panamá em 1 dia?

Se for ficar apenas algumas horas ou 1 dia inteiro, o ideal é conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Por isso o roteiro abaixo está por ordem de importância, assim se você tiver apenas algumas horas, conheça o que der, seguindo a ordem dessa lista. 

  • Canal do Panamá (Eclusa Miraflores)
  • Casco Viejo
  • Mercado de Mariscos
  • Cinta Costera

O que fazer na Cidade do Panamá em 2 dias?

Em dois dias dá para conhecer melhor a Cidade do Panamá e de forma mais organizada, priorizando conhecer em cada dia, os pontos turísticos por proximidade. 

1° Dia: Canal do Panamá (Eclusa Miraflores) + Biomuseo + Calzada de Amador
2° Dia: Casco Viejo + Mercado de Mariscos + Cinta Costera + Paitilla

O que fazer na Cidade do Panamá em 3 dias?

Na minha opinião, 3 dias na Cidade do Panamá é o tempo ideal para conhecer bem a cidade. Se tiver esse tempo, confira abaixo minha sugestão de roteiro.  

1° Dia: Canal do Panamá (Eclusa Miraflores) + Biomuseo + Calzada de Amador
2° Dia: Casco Viejo + Mercado de Mariscos + Cinta Costera + Paitilla
3° Dia: Panamá Viejo + Cerro Ancón 

Como se locomover pela Cidade do Panamá?

Se locomover na Cidade do Panamá é bem fácil, já que existem várias opções de transportes, para todos os gostos e bolsos. Confira abaixo as principais opções para se locomover:

A pé

Embora caminhar não seja um tipo de transporte, coloco nessa lista por ser uma opção a se considerar em alguns percursos. Já que além de fugir do trânsito, é uma boa forma de conhecer e explorar a cidade ao caminhar.

No entanto se você tiver apenas um dia na cidade e quiser conhecer a maior quantidade de lugares que puder, não recomendo optar pela caminhada. 

De Bicicleta

Como a Cidade do Panamá tem muitas ciclovias, principalmente na orla, andar de bicicleta é uma ótima opção, já que através das ciclovias é possível andar com segurança

Por isso muitas pessoas optam por esse meio de transporte, sendo muito comum pedalar até o Biomuseo e Calzada de Amador, por exemplo.

Apenas não deixe de conferir a previsão do tempo para verificar se não vai chover no dia da pedalada. Além disso evite o pico do Sol e leve bastante água.   

Transporte Público

Na Cidade do Panamá há diversas linhas de ônibus e até metrô, que foi recentemente inaugurado. 

As linhas do metrô são novinhas, seguras e limpas, mas infelizmente elas não são muito abrangentes. Por isso não é possível ir em todos os pontos turísticos usando o metrô. 

Já as linhas de ônibus são ótimas e mais fáceis, por alcançar mais regiões da cidade. 

Ônibus de turismo

A Cidade do Panamá tem um ônibus em que você paga o valor de 1 ou 2 dias e pode usar a vontade. O melhor é que esse ônibus tem um roteiro dos lugares turísticos da cidade e ele passa por todos. 

Cidade do Panamá como se locomover

Então funciona mais ou menos assim: você pega o ônibus e vai até o ponto turístico 1. Aí você visita ele, passa o tempo que quiser nele e depois pega outro ônibus da linha de turismo para ir pro próximo ponto turístico, sem precisar pagar de novo. 

Clique aqui para entender melhor como ele funciona e fazer a reserva online!

Táxi/Uber

Se você nunca andou em um táxi amarelo, mas tem vontade, os táxis do Panamá te aguardam!

Brincadeiras a parte, há uma quantidade enorme de táxis na cidade, por isso é bem fácil e rápido encontrar um quando precisar.

No entanto, como em outras partes do mundo, a opção mais econômica é pegar um Uber. Felizmente eles atendem na Cidade do Panamá, apesar de aparentemente não serem tão numerosos como os táxis. 

Carro

Se você estiver em um grupo de 5 pessoas ou menos, pode valer a pena alugar um carro para conhecer a cidade. Apenas não se esqueça de considerar os gastos com estacionamento, já que, como em toda cidade grande, é difícil encontrar lugar para estacionar na rua. 

Além disso, você pode achar um pouco confuso e estressante dirigir lá, o que não é uma boa forma de passar as férias.

Transporte de agência de viagens

Uma ótima opção para quem não quer ter dor de cabeça, é fechar um pacote com agências de viagens que inclua tudo. Geralmente esses pacotes passam por vários lugares e incluem transporte, entradas, guias e até almoço. Veja alguns passeios que você pode reservar online:

Clima na Cidade do Panamá

O clima da Cidade do Panamá é quente e úmido o ano todo, com temperaturas diárias entre 24ºC e 31°C. 

Na estação de chuvas, chove demais, então se puder, evite ir ao Panamá entre Maio e Novembro.

O que fazer na Cidade do Panamá de noite?

Cidade do Panamá o que fazer de noite

A vida noturna é uma das melhores coisas para se fazer no Panamá, porque há muitas opções e a cidade é bem animada. Tem lugares para todos os gostos: restaurantes, bares, baladas e cassinos. As regiões mais animadas são Casco Viejo e Calzada de Amador. Compartilho abaixo alguns dos lugares que fui:

Relic Bar: bar que fica dentro do hostel Lunas Castle. Ele é um clássico de Casco Viejo, que os fãs de barzinho não podem deixar de conhecer. Tem uma área interna e outra externa e é bem animado. No happy hour os preços das bebidas são ótimos. 

Nomada Eatery: bar ao lado do Relic, mas com a atmosfera bem diferente. Faz mais o estilo de quem curte beber e comer um aperitivo com tranquilidade e conversar com os amigos sem ter que falar alto para ser ouvido. Tem um cardápio bem legal, com drinks excelentes.

CasaCasco: um antigo prédio em Casco Viejo que mistura 5 coisas em um só lugar: 3 restaurantes, uma balada e um terraço. Cada um em um andar do prédio, sendo que durante a noite, o terraço também faz parte da balada. O ambiente é incrível e dá para sentir bem a atmosfera noturna da cidade.

Gatto Blanco: metade hotel, metade balada. Os hóspedes não devem gostar muito por causa do barulho, mas se você curte balada, ele é ótimo. Assim como a CasaCasco, ele também tem terraço, mas a vista dele é mais interessante, porque é possível ver bem a silhueta dos arranha-céus da cidade.  

Restaurante Gaúchos: para variar um pouco, indico esse restaurante gaúcho, que é uma delícia. Na época fez sentido conhecê-lo, porque fazia muito tempo que eu não comia carne vermelha, mas para quem só vai tirar férias, o ideal é escolher restaurantes com pratos típicos panamenhos.

Onde se hospedar na Cidade do Panamá?

Como eu fiquei um bom tempo na Cidade do Panamá, para dar uma descansada da viagem que já chegava em 4 meses, eu acabei me hospedando em 4 lugares diferentes na cidade. Um hotel e 3 hostels. Confira abaixo um pouco sobre essas e outras acomodações: 

Hotéis na Cidade do Panamá

Hotel Innfiniti: esse foi o hotel que fiquei. Trata-se de um prédio alto, com piscina e bar no terraço, onde é possível ter uma vista panorâmica da cidade. O quarto é ótimo, bem espaçoso, com TV, ar condicionado, banheiro privado e janelão com vista. Ele é uma opção boa para quem busca um hotel 4 estrelas, mas deixa um pouco a desejar com relação ao atendimento. A localização é ok, próximo da Avenida Balboa.  

Residence Inn by Marriott: uma opção de hotel 3 estrelas, localizado no bairro paitilla. O hotel tem piscina, academia, serviço de quarto, restaurante, bar e café da manhã incluso na diária. Os quartos têm vista da cidade, banheiro, TV, máquina de café e ar condicionado.

Hilton Panama: para quem procura uma opção 5 estrelas, este hotel tem excelentes avaliações e ótima localização. Ele tem piscinas, academia, restaurante, bar, estacionamento e serviço de quarto. Todos os quartos têm TV, ar condicionado e banheiro privado, além de alguns terem vista para o mar. 

Hostels na Cidade do Panamá

Lunas Castle Hostel: esse foi o hostel que eu mais gostei. A localização é ótima, no bairro de Casco Viejo. É muito bom para conhecer pessoas, é animado, tem bar e festinhas. Apenas não gostei do fato de o banheiro ser fora do quarto e um pouco distante. Para o café da manhã tem massa de panqueca, mas cada hospede tem fazer a sua. 

El Machico Hostel: uma boa opção para quem gosta de hostels mais tranquilos. Não tem festas, nem bar, apesar de vender cervejas na recepção. A galera lá curte ficar de boa, vendo tv, reunida na piscina ou na mesa. Tem café da manhã, mas é bem simples, com panqueca e café preto. A localização é boa, próximo da calçada da Cinta Costera. 

Hostel Mamallena: esse foi o hostel que eu menos gostei. Ele é bem simples e meio velho. A localização não é das melhores, mas está próximo de uma estação de metrô. Eles também tem panqueca no café da manhã. 

Dicas sobre a Cidade do Panamá

  • A Cidade do Panamá costuma fazer calor durante o dia, mas às vezes dá uma refrescada a noite;
  • O tráfego na cidade pode ser intenso, então muito cuidado ao calcular os horários muito justos, como em uma saída do aeroporto para aproveitar algumas horas de conexão;
  • Não entrei em detalhes neste artigo, mas a Cidade do Panamá é conhecida por ser um lugar bom para fazer compras. Há muitos shoppings lá que vendem todos tipos de produtos, de diversas marcas internacionais. Se você pretende fazer compras, alguns dos shoppings principais são o Albrook (onde também fica o Terminal de ônibus), o Multiplaza Pacific, o SOHO Mall e o Multicentro.

Documentos para entrar Panamá

Para entrar no Panamá, você irá precisar ter alguns documentos em mãos. Alguns deles acabam nem sendo solicitados na imigração, mas é melhor prevenir e ir com tudo certinho, para não passar sufoco. 

  • Certificado Internacional de Vacinação da Febre Amarela: um dos principais documentos para passar pela imigração do Panamá é o Certificado Internacional de Vacinação da Febre Amarela. Para que a vacina seja considerada válida, você precisa se vacinar com pelo menos 10 dias antes da viagem. Além disso você deverá solicitar o certificado internacional, porque não basta mostrar carteirinha de vacinação. 
  • Taxas para entrar no Panamá: cidadãos brasileiros estão dispensados de pagamento de taxas em viagens com duração de até 90 dias
  • Passaporte: para entrar no Panamá é obrigatório possuir passaporte vigente por pelo menos 6 meses e em boas condições.
  • Passagem de saída do país: também é obrigatório apresentar uma passagem terrestre, aérea ou marítima de saída do país.
  • Comprovante de sustento: o turista deverá apresentar um comprovante de sustento com no mínimo 500 dólares disponível, que pode ser o extrato do banco, cartão de crédito, etc. 
  • Reserva de Hospedagem: em alguns casos, pode ser solicitado o comprovante de reserva de acomodação. 
  • Seguro Viagem: não é obrigatório apresentar um seguro viagem para entrar no Panamá, mas é sempre recomendável contratar, para ter uma garantia em caso de acidentes ou problemas de saúde. Eu sempre uso o comparativo do SegurosPromo, porque assim eu consigo comparar os preços e coberturas de várias seguradoras.

E aí gente, curtiram as dicas sobre o que fazer na Cidade do Panamá?

Qualquer dúvida, me manda uma DM no meu insta @olhosdeturista, que eu respondo rapidinho! Aproveite e me segue lá! 🙂

Curtiu esse post e não quer perder o link? Então salva o PIN abaixo no teu Pinterest, para acessar esse link sempre que precisar!

O que fazer na Cidade do Panamá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima