Monte Verde é uma romântica cidadezinha mineira, mas que apesar de pequena, é uma verdadeira caixinha de surpresas, cheia de turismo de aventura e trilhas!

Roteiro de 1 dia em Monte Verde MG

Se você ainda não ouviu falar de Monte Verde e é apaixonado por Campos do Jordão, você amará saber mais sobre essa romântica cidade mineira.

Monte Verde é considerada a versão mineira de Campos do Jordão. Isso porque além das duas estarem na Serra da Mantiqueira, elas também têm o mesmo “ar” romântico e convidativo para casais.

Mas muita calma nessa hora solteiros! Porque não é apenas de romantismo que vive Monte Verde. Apesar de pequenina, Monte Verde é uma verdadeira caixinha de surpresas com todo um turismo de aventura e trilhas!

E o melhor para os paulistanos de plantão: Monte Verde está apenas 3 horas da capital e rola tranquilamente um bate-e-volta. Justamente o que eu fiz, por isso vou compartilhar o meu roteiro de 1 dia em Monte Verde com vocês!

 

Manhã nos Picos de Monte Verde (Parque Ecológico Verner Grinberg)

 

As trilhas dos principais picos de Monte Verde iniciam-se juntas e para chegar no início delas você deverá dirigir até o final da Avenida das Montanhas. Lá em cima você deverá deixar o carro no estacionamento (R$10) e seguir por terra.

Curte as minhas viagens? Segue lá no Insta: @olhosdeturista

Minha sugestão é chegar lá pelo menos 9h e encerrar as trilhas até umas 13h. A melhor escolha é fazer a Pedra Redonda, a Pedra Partida e o Chapéu do Bispo OU o Platô e a Pico Selado. Porém se desejar fazer todos, foque o seu dia apenas nisso ou chegue bem cedo em Monte Verde. Nesse último caso é necessário um mínimo de preparo físico.

Pedra Redonda

 

Picos de Monte Verde - Pedra Redonda
Pedra Redonda em Monte Verde/MG

A Pedra Redonda (1 930m) fica à esquerda e em apenas 30 minutos de trilha já chegasse no pico dela. A trilha é bem tranquila, para vocês terem uma idéia tinha mulheres fazendo ela de bota com salto e homens de blazer (Juro, rss). A vista de lá é show, de um lado você tem a visão de MG e do outro de SP.

 

Pedra Partida

 

Picos em Monte Verde - Pedra Partida
Pedra Partida de Monte Verde/MG

O acesso à Pedra Partida (2 050 m) é o mesmo da Pedra Redonda, porém mais a frente. Para chegar nela você deve continuar do ponto da trilha que elas se dividiram e andar mais uma hora aproximadamente. A vista de lá é bem mais impressionante e por ser mais longe, fica muito mais espaçoso. Aproveitei para tirar bastante foto, tomar um solzinho e ainda comer um lanchinho. 😀

 

Chapéu do Bispo

 

O Chapéu do Bispo (1 955 m) começa no lado oposto dos anteriores, virando à esquerda na base. Essa é a trilha mais fácil e curta de Monte Verde, caminhando apenas 650 metros em aproximadamente 30 minutos você já chegará no topo.

Nossa ideia inicial era ir nesses 3 primeiros picos, mas como chegamos tarde e ficamos bastante tempo curtindo a Pedra Partida, não deu tempo de ir no Chapéu do Bispo.

 

Platô

 

Para acessar o Platô (1 945 m) você deverá continuar a trilha do Chapéu do Bispo por mais alguns minutos. Outra opção é subir de carro a Rua da Mantiqueira até o Café Platô, lá o estacionamento é gratuito. É de lá também o acesso ao Pico do Selado.

 

Pico do Selado

 

O Pico Selado (2082 metros) é considerado o mais difícil de Monte Verde e a caminhada é longa. Você terá duas opções para chegar até ele: a primeira é partindo da base onde inicia o Chapéu do Bispo, passando por ele e pelo Platô e a segunda é partindo da base do Platô, passando por ele. Os dois caminhos tem praticamente a mesma extensão, mas de acordo com o Guia Monte Verde a trilha do Platô é bem mais íngreme e cansativa.

 

Tarde de aventura em Monte Verde

 

Passeio de Quadriciclo em Monte Verde
Passeio de Quadriciclo em Monte Verde

Após finalizar as trilhas é hora de repor as energias com um bom almoço mineiro, certo? Nesse caso sugiro que você vá para a Avenida Monte Verde porque lá a variedade de restaurantes é grande. Os preços deles são bem parecidos e não encontrei prato por menos de R$30. Só que é aquela coisa né, comida mineira é bem farta. Então se você não for daqueles que gosta de bater um pratão de comida e estiver acompanhado, rola dividir.

Depois de acabar de almoçar, se for do seu gosto procure nessa mesma rua as agências de esportes de aventura. Nem encane em pesquisar qual faz os melhores preços, porque lá é tudo tabelado.

A maioria deles oferece tirolesa, passeio a cavalo, passeio de jipe, passeio de quadriciclo, arvorismo, boia-cross e escalada. Eu optei por fazer o passeio de quadriciclo porque foi um dos esportes de aventura que não fiz quando fui para Brotas.

O passeio é R$100/h, mas como eu dividi com uma amiga, saiu por R$50 cada meia hora de uso. Para mim valeu muito a pena! Eu simplesmente amei! Achei incrível pilotar naquele solo de barro todo desigual, com o vento batendo mais forte conforme eu acelerava. Além disso como o último horário do quadriciclo rola no final da tarde,  eles levam a gente em um mirante para observarmos o pôr do Sol. De lá  voltamos para a base pilotando com aquele clima delícia de entardecer.

Foi uma sensação realmente muito boa para mim, mas algumas pessoas não gostaram de dirigir o quadriciclo. Só por isso não me arrisco a dizer que é garantia de um ótimo passeio.

 

Noite em Monte Verde

 

Noite em Monte Verde na Fábrica de Chocolate
Reprodução do Facebook da Fábrica de Chocolate Gressoney

Quando acabamos o passeio de quadriciclo fomos pro carro dar um tapa no visual e partimos para a noite. Só que como era Domingo, a rua não estava muito agitada.  Resolvemos só caminhar na Avenida Monte Verde, já que ela é a rua principal e fica especialmente linda a noite.

A noite estava bem fria, então decidimos tomar um chocolate quente na Fábrica de Chocolate Gressoney antes de voltar para casa. Lá é uma delícia, tem bastante opção de chocolates, sobremesas e bebidas. Eu e mais uma amiga pedimos o chocolate quente cremoso e minha outra amiga pediu a “Sopa de Morango”, que acreditem, é muito gostosa!

Depois disso fomos embora, mas se você ainda quiser curtir um pouco mais a noite de Monte Verde sugiro conhecer a patinação no gelo e a Casa do Fondue. 😀

Esse roteiro ficou bem tranquilo e foi um dia muito agradável.  Até indico ficarem mais dias na cidade, mas senti que em um dia deu para curtir bastante. 😀

Se você curte Minas Gerais, também vai curtir ler sobre:  O que fazer em Ibitipoca?

 

E aí viajantes, gostaram desse roteiro de 1 dia em Monte Verde? Se tiver alguma dúvida manda aqui nos comentários ou envia lá uma mensagem direta no insta @olhosdeturista que eu respondo rapidinho. ♥

Salva a imagem abaixo no Pinterest para poder consultar novamente esse link quando precisar! 🙂

Monte Verde é uma romântica cidadezinha mineira, mas que apesar de pequena, é uma verdadeira caixinha de surpresas, cheia de turismo de aventura e trilhas! CLIQUE NA IMAGEM E LEIA MAIS!

VAI VIAJAR? AJUDE A MANTER O BLOG RESERVANDO COM NOSSOS LINKS!

Para ajudar basta fazer as suas reservas utilizando os links abaixo. Assim o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso!

Hospedagem: Booking.com e AirBnb
Seguro Viagem: Seguros Promo e Real Seguro
   Aluguel de Carro: Rentcars.com 
 Ingressos e Passeios: Viator, Ticketbar e TourOn
Chip Internacional: Easysim4u
Câmbio: TransferWise

22 comentários em “Roteiro de 1 dia em Monte Verde MG”

  1. Pingback: O que fazer em Brotas? Guia da Capital do Turismo de Aventura

  2. Amo Monte verde, sempre faço bate e volta lá… sempre que vou eu garimpo preços bons de comida pra poder gastar nos passeios, além do quadriciclo eu andei num trem feito de trator, tem um guia que conta toda a historia da cidade!! saindo da avenida monte verde, subindo sento bairro (depois da estação de esqui) tem varios restaurantes pela metade do preço!!! na Avenida da baixada (rua da escola municipal) tem uma padaria com pastel maravilhoso, tava 4,50 ano passado!!! quem tiver mais dicas como essa deixa aqui, esse ano vou de novo lá…

  3. Tenho ouvido falar muitas coisas bacanas de Monte Verde e este texto vem confirmar que esse é um destino adorável, especialmente para quem gosta de caminhadas e belas vistas né?!

  4. Massa saber que Monte Verde tem todas essas opções de ecoturismo! Sou doida pra conhecer, mas jurava que só havia um lado mais romântico na cidade. O passeio de quadriciclo deve ser muito bom! Adoro! rs

  5. Michela Borges Nunes

    Bom, como amo Campos do Jordão, vou amar conhecer Monte Verde. Tanto lugar bonito neste Brasil ainda para conhecer… ai, ai, vou ter de nascer de novo. Legal o teu roteiro… mas to pensando aqui: o que faz uma pessoa de bota de salto em uma trilha, hehehehe, que ruim né? Obrigada por me apresentar mais este belo destino.

    1. Haha! Pois é, fico perdidinha com tanto lugar lindo viu! É pouca tempo para muita vida! kkk
      Nem me fala, é ir para não chorar com esse pessoal doido que se mete a fazer trilha! hsausahus!
      Que bom que curtiu Michela! =)

  6. Adoro cidades românticas, mas nunca tinha escutado falar em Monte Verde… Acho que no sul estamos tão focados em Gramado, que perdemos a oportunidade de conhecer outros cantinhos como este 🙂

    1. ROGERIA MARINHO ALBARELLO

      Ola, estou querendo fazer um bate volta por esses dias … Indica fazer o inverso do seu roteiro? Fazer as trilhas no por do sol?

  7. Tenho ouvido falar muito de Monte Verde e estou ficando cada vez mais com vontade de conhecer. Dá para fazer um ate-volta de Belo Horizonte para lá ou é muito distante?

  8. Maravilhoso!! Muuuuitos anos atrás eu reservei hotel e ia conhecer Monte Verde… Acabei não indo e nunca mais tive a oportunidade. Uma pena, pq parece lindo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima