o que é camping selvagem

9 verdades sobre camping selvagem

Camping selvagem é um termo usado ao acampar em um local público e sem estrutura de camping. Podendo ser na floresta, praia, pico de alguma montanha ou até mesmo em algum meio urbano. O lugar é de escolha de quem vai acampar e não tem infraestrutura como banheiro, chuveiro, fogão e geladeira.

A intenção do camping selvagem pode variar de acordo com o interesse de cada. Sendo por economia, para ter maior contato com a natureza ou para  fazer trilhas de longa distância.

Apesar da falta de estrutura, existem diversos equipamentos de acampamento que ajudam a ficar confortável e seguro no camping selvagem. Além da barraca, equipamentos como lanterna, saco de dormir, isolante térmico, lona, fogareiro e outros.


Tive minha primeira experiência em camping selvagem na trilha das 7 praias em Ubatuba e foi uma ótima escolha para a primeira vez. Para quem for iniciar agora, eu recomendo esse tipo de trilha mais curta.

Dito isso, bora conferir as 9 verdades sobre como é um acampamento selvagem!

 

1- camping selvagem É econômico

 

Foto por Sayan Nath no Unsplash

Economizar com estadia é uma excelente vantagem, já que muitas vezes o que mais deixa cara as viagens são as hospedagens. Por isso que muitos dos mochileiros que rodam o mundo a algum tempo estão sempre com uma barraca amarrada no mochilão para ser usada sempre que possível ou até mesmo quando o dinheiro começar a acabar.

Às vezes a diária em um hostel é o mesmo preço que uma semana de supermercado ou a entrada de alguma atração imperdível. Assim tem muito mochileiro que escolhe fazer camping selvagem de vez em quando por pura economia. Apenas cuidado para não fazer isso em área proibida ou sem autorização. 

Curte as minhas viagens? Segue lá no Insta: @olhosdeturista

 

2- As trilhas são mais puxadas por causa do peso dos equipamentos

 

trilha com equipamentos para camping selvagem
Travessia Teresópolis Petrópolis

É bastante comum as pessoas recorrerem ao acampamento selvagem para fazer trilhas mais compridas, como travessias, por exemplo. Quando não é possível terminar a trilha em apenas um dia e o local não tem camping estruturado, a solução é fazer camping selvagem. 

A rotina acaba sendo de trilhar, acampar, trilhar e novamente acampar, muitas vezes por vários dias. Assim, outro fato sobre camping selvagem é que as trilhas serão mais pesadas, já que é necessário carregar muito equipamento. Não tem como deixar para trás os acessórios de cuidados como protetor solar, repelente e remédios; ou de conforto como isolante térmico, saco de dormir, casaco e meia; ou alimentos e utensílios para alimentação como fogareiro, mini panelas, garfo, faca, etc.

Leia também: O que levar para acampar e trilhar?

 

3 – Não tem energia elétrica

 

acampamento selvagem
Foto por Luke Porter no Unsplash

Se você decidiu que quer fazer um camping selvagem, não esqueça que esse é um role extremamente roots. Não vai ter wifi, luz ou nenhuma energia sequer. Tirar fotos do celular ou da câmera só nos primeiros dias ou se você tiver um carregador portátil, porque se for ficar muitos dias vai tudo descarregar.

Aliás, se a área for muito isolada é bem provável que o seu celular fique sem sinal, o que é ótimo para dar aquela desconectada do mundo moderno e deixar nossas mentes mais soltas para sentir os prazeres da vida ao ar livre.

Por isso, diferente de quando você vai para camping privados, pode deixar a extensão elétrica em casa.

 

4- Banho só se tiver lagoa ou cachoeira

 

… ou no mar. Banho é luxo em camping selvagem, já que nem sempre tem um lago, uma cachoeira ou até mesmo o mar (o que convenhamos pode ser até pior). Se tiver, comemore! Apenas lembre-se de não deixar para tomar banho muito tarde, porque esses lagos e cachoeiras de água doce costumam ser bem geladas e não é bom passar frio à noite.

Se não tiver jeito de se molhar onde você for, não deixe de levar lenços umedecidos ou até mesmo reservar um pouco de água só para isso. Os lenços são um quebra galho e certamente dá pra se sentir um pouco mais limpo. No caso da água economize ao máximo, tentando por exemplo reutilizar a mesma água do rosto nos pés.

 

5- A comida tem que ser bem planejada

 

alimento camping selvagem
Foto por Teddy Kelley no Unsplash

Esqueça os alimentos perecíveis ou muito complicados de preparar. Enlatados como atum, salmão, milho e ervilha são excelentes opções e que não estragam. Salame e polenghi são também boas escolhas, além de barrinhas, bolachas e frutas que não amassam como laranja, mexerica e maçã. Eu amo levar ovo cozidos para trilhas de até no máximo dois dias, deixo na casca e só tiro na hora que vou comer. A casca conserva eles por mais tempo e como ela é orgânica, dá pra descartar em qualquer lugar.

Se quiser fazer uma comida mais elaborada e reforçada, invista em um fogareiro, apesar de mais lento que um fogão convencional, ele dá conta de fazer uma boa comida da mesma forma.

leia mais dicas de: alimentos para acampamentos

 

6- A privada é um buraco

 

Não deixe de levar uma pazinha, porque é com ela que você vai “fazer sua privada”. A parte mais desagradável do acampamento selvagem é fazer as necessidades. Não tem o que fazer, seja lá qual for sua necessidade, terá que ser feita no mato.

A natureza não vai ligar, se afaste do grupo, leve a pazinha, cave um buraco e depois enterre.

Um pouco primitivo não é? Pois é, ninguém disse que se afastar do mundo moderno seria fácil. haha!

 

7- As estrelas e a Lua ficam bem mais fortes e visíveis

 

lua e estrelas em camping selvagem
Pedra da Baleia – RJ

Essa é a parte que eu mais amo!

Quando o Sol se põe, a lua e as estrelas aparecem, sendo as únicas a iluminar a escuridão do local. Esse é um dos melhores jeitos de ver bem as estrelas, porque pode parecer que não, mas as luzes da cidade ofuscam o brilho delas.

Gosto de esticar minha canga, deitar e ficar procurando as constelações que conheço. Nem sempre consigo fazer isso na cidade. Acredito que a correria do dia a dia faz com que as pessoas se esqueçam de olhar para cima de vez em quando e mergulhar nesse mundo distante que é o espaço e as estrelas.   

 

8- Bichos e insetos estarão por perto

 

Insetos por perto

Insetos já fazem bastante parte do nosso cotidiano, claro que quando vamos para o “meio do mato” o contato é muito maior. Já os animais não estamos tão acostumados assim, exceto pelos nossos bichinhos de estimação. Então muito cuidado para não acampar em área de animais perigosos. Evite riscos desnecessários em locais que não sejam conhecidas como propícios para camping selvagem. 

 

9- A paz é maravilhosa

 

Camping selvagem em praia deserta e tranquila
Trilha das 7 Praias Ubatuba

O camping selvagem é uma oportunidade de realmente usufruir a natureza. Aproveite toda a tranquilidade, calmaria e paz que ela tem a te oferecer!  Se você parar para prestar atenção em cada som que ela emite, ouvirá passarinhos, grilos, o barulho da água e o som do vento nas folhas. Aproveite para meditar ou simplesmente relaxar, deixar tudo para trás e viver o momento.

Então, se você está procurando um refúgio para descansar, vá curtir um camping selvagem. Aproveite as estrelas, a lua, o canto dos passarinhos, a tranquilidade, o ar limpo e a ausência de comunicação. Até a ciência já apontou que o contato com a natureza faz bem à saúde! 🙂

 

E aí aventureiros, curtiram as dicas? Aproveitem a área de comentários para compartilhar suas experiências. Acompanhe minhas aventura lá no insta @olhosdeturista 🙂

Se gostou das dicas desse artigo, salva a imagem abaixo no Pinterest para ter acesso a esse link sempre que quiser. 😀

 

O que é camping selvagem? Entenda e descubra 9 verdades sobre essa prática muito usada em travessias, trekking, montanhismo e outras trilhas

11 comentários em “9 verdades sobre camping selvagem”

  1. uma dica pra reduzir o estresse físico de transportar essa montoeira de coisas por longas distâncias, é conseguir um daqueles carrinhos de rodinhas que se usa pra trazer coisas do mercado… e atar com uma cordinha na cintura

  2. Olá, adorei a matéria…porém, gostaria muito de saber alguma rota para “camping selvagem”, embora a ideia e não ter uma rota. Mas saber de onde começar e para onde ir…algo assim, tipo um mapa mesmo(rsrsr)…será que vc teria algumas dicas.

    1. Obrigada Taísa! Realmente, as pessoas sempre fazem esse tipo de pergunta e ficam chocadas quando falo que faço camping selvagem! Haha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima