internet na viagem

Internet na viagem: veja como viajar conectado

Internet na viagem, em tempos de mobilidade, é quase que uma necessidade básica. Isso porque mesmo viajando, queremos manter contato com a família e amigos, fazer pesquisas sobre o local, usar o google maps e compartilhar a viagem nas redes sociais.

Por isso, se você vai viajar pro exterior, vai querer conhecer essas 4 maneiras para ter internet na viagem! Bora conferir então?

Como ter internet na viagem? 

 

1. Chip internacional com internet ilimitada

 

Comprar um chip internacional é sem dúvidas a opção mais prática e confortável de ter internet na viagem. Isso porque você sairá do Brasil já com o chip funcionando, sem necessidade de configuração e a internet ainda é ilimitada.


A Easysim4u é a empresa que eu recomendo para esse tipo de serviço. Ela funciona em 140 países e garante o 4G nos EUA, Canadá e México. Nas demais localidades, ela vai depender das conexões locais, mas no geral ela funciona muito bem. 

A melhor coisa para mim é a internet dela ser ilimitada, porque assim não tem dor de cabeça de acabar o pacote de dados. O que pode ser muito inconveniente em uma viagem. 

Eles trabalham com 4 planos: um para os Estados Unidos, um para EUA, Canadá e México, outro para a Europa e outro que atende 140 países. 

easysim4u

Para ter internet na viagem com um chip da Easysim4u basta escolher um dos pacotes, preencher os dados pessoais e de entrega, que eles enviam o chip para sua casa. Se usar o cupom RBBVGRATIS você ainda ganha o frete grátis. 🙂

Curte as minhas dicas? Segue lá no Insta: @olhosdeturista

 

Pontos positivos:

 

  • Internet ilimitada;
  • Comodidade de sair do Brasil já com o chip;
  • Suporte em português;
  • Não precisa ficar trocando o chip se for para mais de um país (dentro dos 140 participantes).

 

Pontos negativos:

 

  • Nem sempre o sinal é em 4G, dependendo da conexão local;
  • Preço um pouco salgado.

 

2. Roaming da operadora brasileira

 

roaming de internet na viagem
Foto por freestocks.org via Unsplash

Optar pagar pelo roaming da sua operadora é outra opção para ter internet na viagem. Porém essa pode ser a escolha mais cara.

O roaming da Vivo, por exemplo, cobra POR DIA R$39,99 (Américas e Europa) ou R$59,99 (restante do mundo).

Apesar disso, essa pode ser uma boa opção para quem não vai precisar todo dia de internet na viagem. Porém, se esse não for teu caso, a brincadeira vai sair cara. Basta multiplicar esse valor pela quantidade de dias que você vai viajar. =

A grande vantagem a ser levada em consideração é poder fazer chamadas locais e para o Brasil. Se essa é uma função que você vai precisar, pode valer a pena. Embora eu acredite que em tempos de Skype, Whatsapp e Facetune, não existe nada que a internet não resolva.

Se for escolher pelo roaming, saiba que para usar ele, em qualquer operadora, é necessário antes habilitar o seu celular no exterior.

 

Pontos positivos:

 

  • Manter o mesmo chip que já usa;
  • Comodidade de sair do Brasil já com o chip;
  • Poder fazer ligações telefônicas.

 

Pontos negativos:

 

  • Nem sempre o sinal é em 4G, dependendo da conexão local;
  • Alto custo

 

3. Chip local

 

Esse é um recurso muito usado por quem quer economizar, mas não quer abrir mão de internet na viagem. Como tudo na vida, se quer gastar menos, terá menos comodidade.

Optar por comprar um chip local requer um pouquinho de paciência, porque já que é para economizar, melhor nem comprar no primeiro lugar que ver. O ideal é perguntar para funcionários do hostel/hotel qual operadora tem o melhor 3G e condições de preço, e onde comprar. Geralmente eles saberão te indicar aquele da preferência deles, mas se você quiser realmente acertar na escolha, pesquisar na internet é a melhor maneira.

Se for viajar para vários países, faça isso sempre que chegar em um novo ou procure alguma operadora que alcance mais de um país. Como o caso da Vodafone, na Europa.

chip local internet na viagem
Foto por Priscilla Du Preez via Unsplash

 

Pontos positivos:

 

  • Opção econômica;
  • Ter um número local.

 

Pontos negativos:

 

  • Ter que procurar onde vende e qual é a melhor operadora;
  • Não ter internet assim que chegar;
  • Ter que mudar de chip em trocas de países.

 

4. Wifi grátis

 

Se você é do tipo que não se importa em deixar para se conectar só no final do dia, o wifi do hostel ou hotel pode estar de bom tamanho para você.

São pouquíssimas hospedagens que não disponibilizam wifi grátis, mas para garantir, verifique se eles realmente tem esse serviço gratuito antes mesmo reservar. Outra coisa importante para levar em consideração, é que nem sempre o sinal desses lugares é bom e você pode acabar se frustrando ao tentar navegar. O ideal é tentar olhar as avaliações feitas a respeito do wifi, porque quando o sinal é muito ruim, sempre tem gente reclamando sobre isso.

Outra dica para ter internet na viagem, que eu mesma já fiz váriaaass vezes é procurar McDonalds e Starbucks. Eles sempre disponibilizam wifi para os clientes e em alguns lugares é até liberado sem você precisar consumir! Geralmente o acesso tem um limite de tempo, o que não é de todo mal, assim você lembra que é só uma paradinha para dar aquela sincronizada nas mensagens e voltar a seguir o rumo do passeio. 🙂

como ter internet na viagem
Internet na viagem – Via Pixabay

Pontos positivos:

 

  • Opção sem custo.

 

Pontos negativos:

 

  • Ficar dependente de wifi público;
  • Correr risco de dar acesso para algum arquivo malicioso;
  • Precisar de internet para alguma emergência e não ter.

 

E aí viajantes, gostaram dessas dicas de como ter internet na viagem? Se tiver alguma dúvida pode perguntar aí nos comentários ou manda uma mensagem privada lá no insta @olhosdeturista, assim eu respondo bem rapidinho! 🙂

Leia também: Como planejar um mochilão

Curtiu essas dicas e não quer perder esse link? Então salva a imagem abaixo no Pinterest! ♥

Internet na viagem é algo que eu não abro mão. Afinal, além de nos manter conectado com amigos e família, também é importante para emergências e pesquisas. Então se você vai viajar, não vai sem conferir 4 maneiras de ter internet em uma viagem para o exterior! #internetnaviagem #chipinternacional

4 comentários em “Internet na viagem: veja como viajar conectado”

  1. Pingback: Cupons de desconto viagem: economize na próxima trip | Olhos de Turista | Blog de Viagem - por Luiza Cardoso

  2. Parabéns pelo tema abordado Luiza, quando passei dois anos na Europa, tinha muito essa dificuldade de me conectar na internet, principalmente porque ainda não dominava o idioma Alemão, então era difícil conseguir informações. Mas, as operadoras evoluem e oferecem alternativas novas pra facilitar essa conexão, ainda bem….aproveito pra recomendar minha sessão de empresas de viagem, no site https://bomdemarca.com.br/marca/viagem-turismo/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima